Missões transculturais

Ir onde o Evangelho ainda não foi anunciado. Entrar nos países e grupos étnicos que ainda não foram transformados pela luz de Jesus. O Brasil já deixou de ser campo missionário para se tornar celeiro de missionários!

Diversas profecias e estatísticas mostram que a unção de missões está sobre a sua geração: Em 1989, havia 400 missionários brasileiros servindo em outras nacões, em 1999 - apenas dez anos - já eram quase 2.000. Diversas tribos indígenas foram alcançadas no Brasil, e em mais de vinte países há trabalhos permanentes: Albânia, Angola, Cabo Verde, China, Espanha, Gabão, Gâmbia, Guiné, Guiné Bissau, Índia, Indonésia, Itália, Jordânia, Moçambique, Paquistão, Portugal, Quênia, Rússia, São Tomé e Príncipe, Senegal Turquia, Uruguai, Uzbequistão, etc. Nestas nações, milhares ouviram as Boas Novas através de jovens brasileiros e suas vidas foram eternamente mudadas pelo poder de Deus. Implantamos igrejas, abrimos creches e escolas, criamos clínicas de saúde e orfanatos, demos início a projetos de desenvolvimento e outros de ajuda comunitária. As famílias entre as nações da Terra o esperam para ouvir sobre Aquele que transformou a sua vida.

Para saber mais sobre a JOCUM visite nosso site nacional: www.jocum.org.br

Desenvolvido por Isaac Barcellos